Salão Teatro, Póvoa de Varzim

Durante a fase de diagnóstico, foi realizada uma avaliação detalhada dos elementos, auxiliada pelos ensaios não destrutivos in situ, de forma a confirmar a necessidade de reforçar, ou substituir por novos elementos.

O edifício em análise, denominado por Salão Teatro, contém um espaço constituído por uma nave principal térrea de planta rectangular de aproximadamente 230m2 de área, com uma cobertura de duas águas em estrutura de madeira assente em paredes resistentes em alvenaria de tijolo. Junto à fachada principal existe uma estrutura porticada de suporte à laje e escadas de acesso em betão armado.

Com o intuito de auxiliar os projectos para a reutilização deste espaço, com elementos de embelezamento da fachada principal e uma construção arrojada das paredes de alvenaria de tijolo maciço, o NCREP foi solicitado para avaliar a segurança e o estado de conservação da estrutura resistente.

Os ensaios in situ realizados com o resistógrafo e pilodyn nos elementos estruturais de madeira da cobertura confirmaram o seu bom estado de conservação. No entanto revelou-se a necessidade de substituir elementos degradados devido ao ataque por agentes bióticos. Na estrutura de betão armado foram realizados ensaios in situ com o esclerómetro de Schmidt, para fornecer uma estimativa da resistência à compressão do betão, e o Ferroscan, que permitiu identificar a posição, o espaçamento e estimar o diâmetro das armaduras, bem como a espessura da camada de recobrimento.



Impresso em ncrep.pt