Castelo dos Mouros, Sintra

  • (foto: AOF)
  • (foto: AOF)

Na construção dos volumes e dos passadiços será utilizada madeira maciça cortada da Serra de Sintra.

O Castelo dos Mouros, situado em Sintra, foi construído entre os séculos VIII e IX e remonta ao período de domínio islâmico e às conquistas de D. Afonso Henriques. Situado no topo da Serra, nele se desfruta de uma excelente vista sobre Sintra, funcionando actualmente como um importante foco de atracção turística.

Com o objectivo de dotar o espaço de alguns equipamentos de apoio aos visitantes, a empresa Parques de Sintra – Monte da Lua decidiu executar quatro edifícios de volumetria reduzida, interligados por passadiços, e constituídos por estruturas porticadas de madeira. O projecto de arquitectura foi da responsabilidade do gabinete de arquitectura Ubiquidade – arquitectura e multimédia, Lda.

O NCREP foi responsável pela elaboração do projecto das estruturas de madeira, que procurou seguir os pressupostos definidos pelo requerente, envolvendo a utilização de materiais e técnicas tradicionais, de forma a garantir o respeito pelos princípios ditados pelas Cartas e Recomendações Internacionais, nomeadamente o princípio da Reversibilidade e da Compatibilidade, uma vez que a intervenção será realizada no interior do Castelo dos Mouros. Nesse sentido foi utilizada a madeira, alguma da qual cortada da Serra de Sintra, ligada através de elementos metálicos. Nos casos em que a madeira da serra não apresentava as características pretendidas, utilizou-se madeira lamelada colada. Nos elementos de contraventamento, introduzidos com o objectivo de melhorar o comportamento das construções às acções sísmicas, foi também utilizada a madeira e o aço.



Impresso em ncrep.pt